top of page

Vicentina dinamiza II Encontro de Boas Práticas CLDS 4G em Monchique

Atualizado: 2 de ago. de 2023




No dia 28 de julho de 2023 decorreu o II Encontro de Boas Práticas CLDS 4G que teve lugar na Junta de Freguesia de Monchique e no Espaço Jovem de Monchique. A manhã de trabalho teve início às 9h15, com a receção de participantes.


Esta foi uma iniciativa organizada pela Associação Vicentina, sendo a última que integra o plano de ação do projeto SerrAdentro, e que visou uma reflexão sobre a importância, impactos e boas práticas dos projetos CLDS 4G na região Algarve, através de um encontro, com debate e reflexão, que também foi aberto à comunidade. Neste encontro marcaram presença várias entidades parceiras essenciais à execução do projeto SerrAdentro, bem como pessoas individuais e coletivas e utentes que beneficiaram do projeto.


Ficou demonstrado um reconhecimento geral sobre a necessidade de continuidade da intervenção no domínio da inovação social e desenvolvimento, após o término do projeto ao abrigo dos CLDS 4G.


A abertura da sessão esteve a cargo de Maria Helena Martiniano, Vereadora do Município de Monchique, que deu as boas-vindas, destacando o trabalho desenvolvido pela Vicentina desde há largos anos a esta parte, enquanto associação de desenvolvimento local, através de uma intervenção na comunidade que tem permitido um trabalho contínuo e importante em várias áreas de intervenção incluindo junto dos idosos, crianças e jovens. Referiu-se ao evento como “um dia de balanço” e também de “novidades de próximos programas” a fim de criar um programa de continuidade do trabalho.


Margarida Flores, Diretora do Centro Distrital de Segurança Social de Faro, realçou a importância das instituições que estão no terreno, que apresentam grande relevância no contacto direto com as pessoas e na identificação das suas necessidades.


Referiu-se ao trabalho da Vicentina nas questões da formação e emprego e da inovação social, agradecendo o desafio aceite de implementar a medida CLDS em Monchique. Referiu a necessidade dos diagnósticos sociais atualizados e de repensar o funcionamento de projetos curtos e formas de trabalhar no terreno. Destacou a importância dos municípios enquanto parceiros principais da Segurança Social, incluindo no âmbito da medida Radar Social, mas também da necessidade de outros parceiros, pois “nada pode ser feito sem pensar nas instituições que estão no terreno”.


Márcio Viegas, Presidente da Associação Vicentina, salientou o trabalho de proximidade desenvolvido pela Associação no apoio à família e à comunidade e no acompanhamento de crianças, jovens e idosos em Monchique. A questão demográfica e a dificuldade de fixação de jovens, foram dois dos constrangimentos referidos sobre o território.


Nesse sentido referiu que o desenvolvimento pessoal, empreendedorismo e intervenção no território foram algumas das temáticas abordadas no âmbito do Bootcamp para Jovens. A importância do SerrAdentro e a necessidade de dar continuidade ao trabalho de proximidade junto das populações idosas foi considerado prioritário, bem como condições que permitam um trabalho de proximidade que está “muitas vezes na sombra e que temos que saber valorizar”.


Após a sessão de abertura, foi a vez dos três projetos CLDS apresentarem, de forma resumida, o âmbito e execução das respetivas atividades, assim como a pertinência e benefícios para as comunidades locais.


O Projeto Tiar – CLDS 4G Portimão foi contextualizado por Rosa Poucochinho, Socióloga do GRATO, que para além das várias atividades dinamizadas e referências a dados específicos de execução, destacou a importância da abordagem. Abordou a Atividade CSI - Criatividade, Soluções, Inovação - Oficina de Empreendedorismo Jovem, um vasto conjunto de sessões dirigidas aos jovens do ensino secundário.


Maria Nunes, do projeto Pegada Triangular – CLDS 4G Faro, explicou o trabalho realizado sobretudo no eixo II, sendo integrado nas escolas com vista à capacitação de crianças, jovens e agregados familiares, mencionando a pertinência da abordagem e dos temas trabalhados como igualdade de género, sexualidade, bullying, empreendedorismo e literacia financeira, alguns dos temas debatidos em contexto escolar.


Sónia Felicidade do SerrAdentro – CLDS 4G Monchique, contextualizou as particularidades do território de Monchique, fazendo a ligação com a intervenção do SerrAdentro, através de uma atuação integrada através dos três eixos (eixo I, eixo II e eixo III). Fez um balanço da execução das atividades e referência aos principias desafios e estratégias encontradas.


Na segunda parte, o evento contou com uma atuação do Grupo coral da Academia Sénior de Monchique que brindou os/as participantes no espaço exterior conhecido como o “Quintal da Junta”.


O Encontro terminou com uma visita à exposição instalada no Espaço Jovem do Município de Monchique. A exposição foi pensada de modo a evidenciar a representatividade do trabalho executado durante os 36 meses de SerrAdentro, através da seleção de evidências materiais, como fotografias, filmes e materiais pedagógicos.


A mostra pretende ainda servir de registo demonstrativo de “Boas Práticas” que possam ficar estruturadas após término do projeto, resultantes do trabalhado, nos três eixos: eixo I - emprego, formação e qualificação com o objetivo de impulsionar a empregabilidade e o empreendedorismo junto das pessoas e das empresas, com vista à facilitação da integração no mercado de trabalho; exploração de um projeto de vida e a dinamização de atividades e medidas de apoio às empresas e instituições; eixo II - intervenção familiar e parental, para capacitar e fortalecer as famílias e promover o desenvolvimento pessoal das crianças e jovens, através de ações de informação e acompanhamento à família e atividades de ocupação de tempos livres para crianças e jovens e o eixo III - promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa, com a dinamização de atividades de animação e convívio entre gerações, partilha e aprendizagem de novos saberes e ações de Voluntariado.


O projeto CLDS-4G SerrAdentro, constituído por uma equipa multidisciplinar afeta aos três eixos, pretende promover a inclusão social no concelho de Monchique através de uma ação concertada da Rede Social que permita impulsionar a empregabilidade e o empreendedorismo, a capacitação e fortalecimento das famílias, a proteção e desenvolvimento pessoal das crianças e jovens, bem como atenuar problemáticas associadas à solidão e isolamento social da população idosa, visando um envelhecimento ativo e de qualidade.


Para mais informações: 282 680 120 ou vicentina@vicentina.org



54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page